Something\’s burning [or a fancy name for Esturrico]

Dezembro 23, 2006

Rabanadas [aL’s way]

Filed under: Doces,Festas — by aL @ 12:35 am

A minha avó paterna não fazia as rabanadas como habitualmente se costuma fazer no Norte, ou seja com leite e ovos. Fazia-as de maneira diferente. A minha mãe lá aprendeu a fazer e eu de tanto ajudar da cozinha – nesta altura do ano – acabei por desenvolver uma técnica para as fazer. E em casa dos meus pais, as rabanadas são a minha especialidade.

Ingredientes:

4 pães de padronelo
mel
vinho do porto
açúcar amarelo
pau de canela
canela em pó
casca de limão
5 dl de água
óleo para fritar

Preparação:

Corta-se os pães de padronelo em fatias de 1-2cm. O pão de padroleno é um pão grande de trigo, se não estou em erro, cozido em forno de lenha, e que tem a particularidade de ter 4 cantos, 4 bicos. No norte é relativamente fácil encontrar este pão, especialmente na época do Natal. O pão deve estar ressesso e duro.

Entretanto num tacho juntam-se a água, 2 cálices de vinho do porto, mel, 1 ou 2 colheres de açucar uma casca de limão e um pau de canela, leva-se ao lume para que ferva. Entretanto retifica-se os sabores, a gosto. Ou mais mel, ou mais porto, um pouco mais de limão…

Quando esta água estiver fervida desliga-se o fogão. Demolham-se as fatias de padronelo nesta água. Mas atenção com muito cudado para que não se desfaçam.

Depois de demolhadas é levá-las a fritar em lume brando, para que fiquem com uma cor castanho-dourado. Polvilha-se com canela em pó e açúcar.

E sim é uma atrocidade calórica! Mas estamos no Natal é tempo de alguma gula 😉

na imagem: Winie the Pooh on Christmas

Anúncios

6 comentários »

  1. Sou do Norte e as minhas rabanadas são pouco mais oumenos iguais, só que n/ dizes se as passas por ovo, eu passo e no final ainda quentes rego com vinho do Porto. Ficam muito boas. Beijinhos

    Comentar por Adryka — Dezembro 25, 2006 @ 6:19 pm |Responder

  2. Ãdyka, nas minhas rabanadas não há cá ovo! de outra forma, não haveria fígado que aguenta-se 🙂

    Comentar por Anónimo — Janeiro 5, 2007 @ 9:41 pm |Responder

  3. esqueci-me de assinar :S

    Comentar por aLaíde costa — Janeiro 5, 2007 @ 9:41 pm |Responder

  4. kkyuh

    Comentar por Anónimo — Abril 26, 2007 @ 6:01 am |Responder

  5. hola sabes son bacanes los dibujos y comentarios esta bien esta pagina a

    aaaaaaaaaaaaaaaaa
    que chebere

    Comentar por ana cecilia — Julho 8, 2007 @ 7:32 pm |Responder

  6. lembro-me que opão de padronelo era um pão azedo, será que ainda existe?

    Comentar por cunha — Agosto 7, 2007 @ 1:25 pm |Responder


RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: