Something\’s burning [or a fancy name for Esturrico]

Janeiro 21, 2007

Tortelloni com natas

Filed under: Chef Convidado,Vegetariano — by dos ∫antos @ 2:53 am

Diz uma das lendas mais famosas relacionadas com os tortelloni (também com os tortellini que são tortelloni em versão mais pequena) que os deuses romanos, de tão fascinados que se encontravam com a beleza de Vénus, decidiram criar uma massa que se assemelhasse ao formato do seu umbigo, criando assim o tortellono (plural, tortelloni) ou l’ombelico di Venere. A receita que aqui deixo é baseada num dos recheios de tortelloni mais típicos – o de requeijão e espinafre. Coloco também os nomes em italiano para o caso de alguém querer procurar especificamente produtos de dita origem (aconselhável, se me perguntarem).

Ingredientes:

250g tortelloni com recheio de requeijão (riccota) e espinafre (spinaci)
200 ml nata para culinária
2,5 l de água
queijo parmesão (parmigiano reggiano) ralado
sal e pimenta (opcional: noz moscada)

1. Colocar a água numa panela, com um pouco de sal grosso, e deixar aquecer em lume brando até que comece a ferver, altura em que devem ser colocados os tortelloni. O processo de cozedura demorará cerca de 10 minutos e os tortelloni devem ser retirados assim que estiverem al dente, de tal forma que é boa ideia ir usando um garfo para testar a sua textura à medida que cozem. Para quem nunca cozinhou este tipo de massa, aviso que eles começam a flutuar naturalmente à medida que vão sendo cozidos, por isso não há nada de errado – é normal que aconteça.

2. Enquanto os tortelloni estiverem a cozer, a nata deve ser vertida para um pequeno tacho onde possa ser aquecida. Isto é bastante rápido (certa de 1 ou 2 minutos) por isso pode ficar para último, mesmo antes de se retirarem os tortelloni da panela maior. Deve evitar-se que a nata atinja o ponto de ebulição porque a partir daí começa a ganhar uma textura granular. O melhor mesmo é deixar aquecer lentamente a fogo suave e ir adicionando-lhe um pouco de sal e pimenta ao gosto pessoal. Há também quem use noz moscada.

3. Quando a massa estiver cozida, utiliza-se um escorredor para eliminar totalmente a água e colocam-se os tortelloni no prato. Para finalizar, deita-se por cima a nata (que por esta altura deve estar suficientemente fluida) e um pouco de parmesão ralado, cuja quantidade pode (e deve) também variar consoante o gosto individual.

Algumas ligações:

– Os tortelloni que costumo comprar – são relativamente fáceis de encontrar num supermercado qualquer.

Le regole per cuocere la pasta. Está em italiano mas a fonte é muito boa, não só para explicar o processo de cozedura al dente como para consultar outras receitas.

Anúncios

Deixe um Comentário »

Ainda sem comentários.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

%d bloggers like this: